segunda-feira, 13 de julho de 2015

Ushuaia - Patagônia Argentina

A cidade de Ushuaia fica na região da Patagônia Argentina conhecida como Terra do Fogo, sendo a cidade mais austral (ao sul) do mundo, o que lhe conferiu o nome de Fim do Mundo, pois depois dela só tem o polo sul.


O lugar é incrível, reunindo diferentes paisagens, como montanhas cobertas de neve, pinguineras, lagos, geleiras, cachoeiras, rios, castoreiras e rios, oferecendo muitas opções de passeios - desde trilhas até passeios de barco.


Cercada por lindas montanhas nevadas e por um lindo mar azul, a cidade de Ushuaia oferece lindas vistas para onde quer que se olhe, sendo muito conveniente conhecê-la a pé, pois as principais atrações no centro da cidade são próximas uma das outras.


Como chegar

A cidade de Ushuaia localiza-se a cerca de 3.000 km de Buenos Aires, sendo possível chegar tanto por via terrestre como também por via aérea.

As companhias aéreas Aerolineas Argentinas e LAN Argentina oferecem vários voos diários entre Buenos Aires e outras cidades argentinas até Ushuaia.

Quando ir

Ushuaia tem paisagens bastante diferentes dependendo da estação do ano. O inverno é recomendado para quem quer esquiar ou brincar na neve, sendo que as temperaturas geralmente são bem baixas (próximas a zero). Ushuaia, graças a sua localização, tem uma temporada de ski bem longa, que começa em meados de junho e pode se estender até início de outubro.

O verão é recomendado para quem não liga para a neve e quer curtir a natureza em Ushuaia, sendo propício para caminhadas, trilhas, passeios em 4 x 4, visita a colônia de pinguins, passeios de barco etc. Nessa época os dias são mais longos, com o sol se pondo bem tarde.

Onde ficar

Ushuaia tem uma estrutura hoteleira razoável, com alguns hotéis de luxo e muitos hotéis simples e albergues. A melhor localização é no centro, na rua San Martin ou próxima a ela. Essa rua concentra boa parte dos restaurantes e lojas de Ushuaia.
Dependendo da estação os hotéis com tarifas mais atrativas costumam esgotar com boa antecedência. Assim, é bom decidir onde ficar o quanto antes, para assim poder ter mais opções de escolha.

Locomoção

No centro de Ushuaia é possível fazer tudo a pé, pois tudo é perto. Por isso, é bom escolher um hotel com localização central.
Para ir a outros pontos da cidade ou visitar algumas atrações de Ushuaia o taxi é uma boa opção. Eles ficam em pontos determinados e também pode-se chamá-los por telefone. As corridas são cobradas pelo taxímetro e os preços são razoáveis. Existe também a opção dos remis, em que os preços das corridas são fixos.
Para ir ao Parque Nacional Tierra del Fuego uma boa opção são as vans que saem perto do posto de gasolina.
O transporte público é escasso e não leva até as principais atrações de Ushuaia. Não chegamos a utilizá-lo.

Onde comer

Grande parte dos restaurantes em Ushuaia estão localizados na avenida San Martin ou em ruas próximas a ela. São muitas opções, desde as mais simples até as mais sofisticadas. Os preços são razoáveis.

Não existe nenhum restaurante dos tradicionais fast-foods americanos, o que mais se aproxima de um McDonalds é o Mostaza, localizado no shopping Passeo del Fuego.

Compras

Não encontramos preços atrativos em Ushuaia, mesmo realizando o câmbio paralelo. Achamos os preços dos produtos até mais caro que no Brasil.


Na San Martin você encontra muitas lojas que vendem de tudo, desde eletrônicos até chocolates. Outra opção de compras é o pequeno shopping Paseo del Fuego, localizado a cerca de 10 minutos de carro do centro de Ushuaia.

Atrações

A seguir, descrevemos as principais atrações de Ushuaia fora do inverno. Visitamos a cidade em dezembro, em pleno verão, e concluímos que vale muito a pena visitá-la nesta época do ano, os dias são longos e a paisagem muito bonita.

Glaciar Martial

O Glaciar Martial (ou geleira Martial em português) está localizado no Cerro Martial, a aproximadamente 7 quilômetros do centro de Ushuaia. Para chegar até o topo da montanha onde está a geleira pode-se subir de teleférico ou então a pé, por uma trilha bem tranquila (apesar de ser subida). Não paga nada para subir a pé. A trilha leva até o alto da montanha, sendo que lá em cima existem outras trilhas - sendo que uma delas oferece uma vista panorâmica da cidade (à direita quando sair da estação do teleférico).



O lugar é muito bonito e oferece boas vistas da cidade de Ushuaia e tem neve quase o ano todo. Em dezembro, quando fomos, até tinha bastante neve. Estava fazendo bastante frio quando fomos e ainda ventava e garoava...






Para chegar até o Glaciar Martial a melhor opção é ir de taxi desde o centro de Ushuaia. A viagem dura em torno de 15 minutos. Para voltar você encontrará taxis na base da montanha.

Parque Nacional Tierra del Fuego

O Parque Nacional Tierra del Fuego está localizado a cerca de 12 km do centro de Ushuaia, sendo uma imensa área verde banhada pelo Canal de Beagle. É lar de muitos animais e pássaros, como raposas, castores e pica-paus.



Oferece muitos quilômetros de trilhas e lindas paisagens. A melhor forma de explorar o parque é a pé, caminhando em suas trilhas bem sinalizadas e conservadas.




Para se ter uma visão geral do parque é preciso um dia inteiro. Assim, você pode fazer a trilha costeira do parque até a Baía Lapataia. Escolha um dia bonito e de preferência que não tenha chovido no dia anterior, para encontrar as trilhas em melhores condições.



Brasileiros têm desconto na entrada do parque. Por isso, leve o seu passaporte. Se quiser, poderá ainda carimbá-lo no Correio do Fim do Mundo, que funciona dentro do Parque, no início da trilha costeira.

Canal de Beagle

No porto de Ushuaia existem várias agências que oferecem passeios de barco no Canal de Beagle. O preço é bem parecido entre as agências, mudando apenas a duração do passeio e os roteiros.
O Canal de Beagle separa a Argentina e o Chile, as ilhas do Arquipélago da Terra do Fogo e conecta os oceanos Pacífico e Atlântico.



O passeio pelo Canal de Beagle passa por pontos interessantes, como ilhas cheias de lobos marinhos, de aves e o Farol do Fim do Mundo. É uma boa oportunidade para se ver pássaros e ter uma outra perspectiva da cidade de Ushuaia.




Algumas agências incluem no passeio de barco uma caminhada na ilha H, enquanto outras estendem o passeio até a Ilha Martillo (Pinguinera). 
Existem saídas pela manhã e também no início da tarde. Pesquise nas agências e escolha o passeio que mais lhe interessar. 

Circuito dos lagos

O passeio Circuito dos lagos pode ser feito em vans ou veículos 4x4. São várias as agências que oferecem esse passeio. O roteiro é basicamente o mesmo, mudando o ponto de apoio onde é servido o almoço.


O passeio dura o dia inteiro e segue pela Ruta N3, passando pelos centros invernais de Ushuaia, o Lago Escondido, o Lago Fagnano e o ponto panorâmico Paso Garibaldi. As agências normalmente incluem um almoço em uma cabana ou refúgio.



Fizemos o passeio em um veículo 4x4 e achamos o circuito off-road curto. As paisagens são bonitas, mas o passeio poderia incluir alguma caminhada ou parar mais para fotos.

Isla Martillo

A Isla Martillo, também conhecida como Pinguinera, localiza-se no Canal de Beagle. É bastante procurada pelos pinguins em seu período de reprodução. Assim, a ilha fica lotada de pinguins de Magalhães e alguns pinguins-reis durante o período mais quente do ano (outubro a abril).



 São duas as opções de passeios para se conhecer a Pinguinera: caminhada com pinguins ou passeio de barco.


É mais recomendada a caminhada com pinguins, pois nesse passeio você terá uma hora para caminhar pela ilha repleta de pinguins, acompanhado por um guia, com grupos de até 40 pessoas. A caminhada é muito legal, e embora não se possa se aproximar muito dos pinguins, muitos deles se aproximam da gente. O passeio inclui o transporte em ônibus até a Estância Harberton e o barco até a Ilha Martillo. O preço é bem elevado, mas vale a pena aproveitar a oportunidade de ficar tão perto dos pinguins. É importante reservar o passeio com antecedência.


A opção de ir por barco é bem cansativa, pois é uma extensão dos passeios de navegação do Canal de Beagle. O barco não se aproxima muito da ilha, somente sendo possível ver os pinguins de longe - não será possível descer do barco para caminhar na ilha.

Laguna Esmeralda

O Lago Esmeralda é um dos diversos lagos da Terra do Fogo, mas destaca-se pela sua belíssima coloração esverdeada. O lugar é muito bonito e a trilha passa por paisagens incríveis, com várias castoreiras ativas.


A trilha é bem sinalizada e cuidada, mas se tiver chovido nos dias anteriores se prepare para encontrar muita lama pelo caminho.






É um passeio imperdível, que pode ser feito contratando o serviço das agências ou por conta própria. Fomos por conta própria e fizemos a trilha tranquilamente.



Após chegar no Lago Esmeralda é possível continuar a caminhada até a Geleira Ojo del Albino. A trilha torna-se um pouco mais difícil e com sinalização mais precária, mas é possível chegar pelo menos até o topo da montanha nevada. Chegar até a geleira exige mais esforço. O início da trilha está na margem direita do Lago Esmeralda.




Ao caminhar sob a neve tenha cuidado onde pisa, pois ela pode estar escondendo buracos.

Museu Marítimo e Presídio de Ushuaia

Atualmente o antigo presídio de Ushuaia funciona como Museu Marítimo, contando a história das expedições que passaram pela Terra do Fogo. No lugar também pode-se visitar a estrutura do antigo presídio, sendo bem interessante.


Trem do fim do mundo

O trem do fim do mundo era utilizado para o transporte dos presos até o local onde hoje é o Parque Nacional Tierra del Fuego. Os preços iam até a floresta para cortar lenha.


O passeio passa por paisagens muito bonitas, mas é bem curto. A estação final do trem é no Parque Nacional Tierra del Fuego. É um passeio interessante, principalmente para quem gosta de andar de trem.


Nenhum comentário:

Postar um comentário